Casa Sustentável

Conheça os impactos do lixo no mar

O quanto produzimos de lixo em nossas casas é o reflexo do quanto  estamos deixando ir esse lixo no mar, mas o que tem a ver? Acompanhe até o final e entenda como podemos reduzir e melhorar os prejuízos que causamos.

lixo-no-mar-não-dá-blog

Além de prejudicar as vidas marinhas, não contribuímos também para o nosso bem estar nas praias, infelizmente é mais comum do que imaginamos a quantidade de lixo que descartamos nas praias, em épocas festivas mais ainda! Quem nunca passou pela orla em tempos de festas de fim de ano e temos em vista o mar tanto o que banhamos quanto o lixo que descartamos errado.

O perigo e a ameaça existem, a quantidade de animais marinhos que acabam morrendo por asfixia à beira mar é inimaginável, por isso a insistência no assunto é fundamental. E o apoio de ONGS que fazem esse papel de limpeza dos oceanos e preservação ambiental deve acontecer de forma séria e comprometida. 

O que antes era garrafa plástica e copos plásticos, hoje também tem as máscaras descartáveis para somar com a degradação do meio ambiente, mesmo em tempos de pandemia as pessoas continuam frequentando as praias e consigo não levam seu lixo pra casa, havendo assim o descarte irregular e consequentemente a poluição do mar e rios.

lixo-no-mar-não-dá

Podemos fazer do mar um lugar habitável 

Quando pensamos em impactos, sejam eles grandes ou pequenos, pensamos muitas vezes no trânsito da cidade grande, ou apenas nas grandes indústrias que não param de poluir os ares que respiramos, nem pensamos diretamente no mar e oceanos,  mas sabemos que essas são as formas mais faladas e mostradas pra gente, só que nossa responsabilidade também é verificar se estamos fazendo o descarte correto de nossos resíduos. 

Ao ir à praia, leve uma bolsa que possa ser feita de porta-lixo, serão apenas por algumas horas. Assim podemos garantir que a sujeira não reduzirá a balneabilidade, o que significa? É o índice utilizado para verificar a qualidade da água, destinada à recreação. Tornando-se imprópria para o banho, gerando até mesmo contaminação na pele.

De imaginar que são 25 milhões de toneladas de lixo gerados todos os anos e despejados nos oceanos ao redor do planeta, mas felizmente existem alternativas para que haja uma grande contribuição social diante do assunto, são os voluntários que são dispostos a mudar essa realidade e responsabilidade que é de todos.

Vale lembrar Ekofriend, a ONG Eco Local Brasil é uma das entidades sem  fins lucrativos que atua há mais de 18 anos com projetos de preservação ambiental e também a conservação da biodiversidade. Com o Projeto Praia Limpa organizada pela ONG neste ano.

De que forma consigo mudar? 

Desde atletas, influenciadores e voluntários a ação reuniu até o mês de março desse ano, em favor da preservação das praias recolhendo o lixo depositado em diversos locais e no mar principalmente!

O problema é sério, mas tem solução! Já ouviu falar na prática dos “7 Rs”? São: reeducar, repensar, reduzir, reutilizar, reciclar, recusar e recuperar.

A Route Brasil em 2011 nasceu em  Floripa em busca de soluções para tantos impactos negativos do consumo exacerbado dos banhistas, foram  realizadas mais de duzentos mutirões de limpeza em praias. Bacana e primordial essa atitude né?

Em Maceió o Coletivo Praia Limpa realizou também duas ações de conscientização ambiental, o que é tão importante também! Afinal sabemos que tudo começa pela educação, ao saber que estamos em um único planeta, ou seja não existe planeta B, nos colocamos a pensar sobre as nossas reais prioridades enquanto cidadãos.

No litoral paulista acontece algumas movimentações nesse mesmo intuito. O Instituto Terra&Mar é atuante no litoral norte de SP, coordena essa CAMPANHA EM São Sebastião há 16 anos.

A atenção com o oceano

Essa poluição dos oceanos só será combatida com a intensificação de ações humanas e solidárias; campanhas de redução de lixo fazem toda a diferença e também o tratamento do lixo de forma inovadora. Como um incentivo para os pequenos em escolas e também a inclusão de projetos ambientais no dia a dia das famílias brasileiras.

Os oceanos são a alma do planeta, eles fluem em quase três quartos do nosso planeta e contêm  97% da água do planeta. Eles produzem mais da metade do oxigênio na atmosfera e absorvem mais carbono nele. Por falar em cuidado, os plásticos infelizmente são os dejetos mais encontrados em oceanos. Por isso nossa persistência no assunto de mudança de hábitos, pois pode sim impedir que esse inimigo do mar entre no oceano.

Sabe como você poderá fazer a diferença? Se inscrevendo em alguma dessas ações solidárias pelo oceano, escolha uma ONG de sua preferência e faça agora mesmo a sua parte pelo oceano.

Nosso fundador da Ekological Pedro esteve presente na Foz do rio Paraíba do Sul! Para mostrar como podemos agilizar esse processo de limpeza de forma simples e responsável.

Qual primeiro passo para a mudança?

 Primeiro passo é ter contigo algum tipo de recipiente onde possa colocar os outros lixos coletados.

Segundo passo é começar o processo de coleta, é claro que com a ajuda de mais pessoas e mais voluntários essa coleta torna-se mais fácil. Essa atitude pode acontecer em meio a qualquer ambiente, já reparou em como está as ruas do seu bairro, por exemplo?  E quando você vai a praça perto de seu trabalho ou academia, como está as condições desse lugar?  

Ao passear em trilhas, observe ao seu redor o que pode ser mudado e o não era pra estar ali que infelizmente foi descartado!  Podemos preservar vidas com as nossas ações! Tanto as nossas, quanto as outras vidas que existem em nosso planeta!

Aa Ekological possibilita a você a sustentabilidade e não apenas com os nossos produtos pensados em menos produção de lixos descartáveis; mas também com esse Blog informativo, é sobre atitudes necessárias e emergentes que podemos tomar a partir de hoje e agora!

Se chegou até aqui, obrigada! Estamos mudando o mundo e a nossa consciência pois não temos um planeta B, mas sim a solução para este aqui que estamos vivendo!

Ekological
Clique na imagem e visite nosso site.