Empresa Sustentável

Ecologia na prática corporativa

A ecologia na prática, em toda produção de empresas!

Algumas perguntas serão feitas ao longo desse conteúdo. Para que pensemos sobre o atacado sustentável como parte da atuação de empresas responsáveis por nossas ações de compras, sejam elas sustentáveis ou não.

Hoje a preservação ambiental é de reconhecimento social, temos em mente a grande importância de questionar nossos hábitos. Começando o papo pelo nosso consumo, de que forma você consome seus produtos? A sua conscientização está voltada para a sua real necessidade de compra ou apenas consome por querer?

As empresas estão inseridas diretamente como protagonistas em uma construção de pequenas mudanças em nossos hábitos . Tendo como objetivo principal o bom relacionamento com a natureza e uma economia também sustentável.

empresas

Para a economia circular vemos a importância do atacado ser referente nesse assunto também. Pois ainda que possua um custo inicial mais elevado, um produto com uma maior durabilidade retorna sim o investimento em um curto prazo de tempo.

E para a inclusão dessa sustentabilidade mercadológica acontecer de maneira sucinta e significante em empresas referenciais. Acreditamos que a economia e os recursos naturais estão certamente alinhados com o futuro ideal da sustentabilidade no atacado.

Conscientização para empresas na produção 

A criação de novos produtos (sejam descartáveis ou de obsolescência rápida) pode ser facilmente substituída por recicláveis e reutilizáveis nas mais variadas linhas de produção.

Como vemos na Eko, apresentamos possibilidades de tornar sua casa também mais sustentável. E inserir de fato a sustentabilidade no seu cotidiano sabendo disso apresentamos os mais variados produtos, para saber mais, clique aqui .

A produção local deve ser incentivada pois é a que favorece o desenvolvimento econômico da região. Além de reduzir os impactos negativos gerados com os serviços de transporte/logística, partes das práticas de empresas, sejam elas grandes ou não.

consciência sustentável

Reutilizar, reciclar e compartilhar 

Durante a vida útil de um produto, saber compartilhar o mesmo possibilita o máximo de redução de resíduos e supre as necessidades de um grande número de pessoas, reduzindo ou eliminando o tempo em que ele fica ocioso, incluindo o atacado.

Além de evitar a extração de recursos naturais, evitando o consumo por excessos e ocorrer de forma mais colaborativa com o meio ambiente, focado no uso e não na compra. E falando em compartilhamento, em nosso feed está rolando um sorteio, basta clicar aqui 

Legislação Ambiental

Refazenda: É uma marca de roupas de Recife que, através do upcycling, reduziu a zero a quantidade de resíduos têxteis nas confecções próprias.

Instituto ATÁ: Realiza e destaca a rica biodiversidade do Brasil, especializados em produtos dos maiores biomas do país. A meta é contribuir para que pequenos produtores, artesãos e toda uma comunidade se estrutura e são remunerados, tornando seus negócios economicamente mais sustentáveis.

Yellow: Com o ideal de compartilhamento, tem a utilização de patinetes elétricos e bikes sem estação fixa foi o uma grande inovação na cidade grande, além de promover a educação física, ainda contribui para que os usuários colabore em termos de poluição do ar. Sendo como prioridade a saúde, mas também o compromisso ambiental.

empresa sustentável de consumo consciente

Kesportes: como exemplo, na grande São Paulo, em Santo André, a contribuição para o meio ambiente se dá com a reutilização de retalhos para fins artesanais, o que já vale muito, pois sabemos o quanto de água se utiliza no preparo de roupas e panos em geral, não é mesmo?

Valeo: Como empresa líder de mercado e de grande referência quando o assunto é produção de sistemas de ar condicionado para ônibus; a Valeo Climatização do Brasil, toma para si responsabilidades sociais e ambientais em relação a sua comunidade.
Com a redução do consumo do combustível, operação com combustíveis alternativos, redução de emissões (som, exaustão) e também na economia de energia veicular.

Prática diária da sustentabilidade 

Há uma preocupação em comum por parte de todos esses pequenos e grandes comércios que mencionamos nesse texto que é a orientação e incentivo de clientes ao descartarem os produtos de forma ambientalmente correta e segura.

Com isso, a conscientização por parte dos líderes passa a ser referente ao atacado sustentável também como um guia aos seus influenciados, tendo em vista que grandes marcas referem-se ao que é realmente valorizado.

As empresas que hoje buscam por uma gradativa inserção no mercado como um todo precisa inovar e repensar seus métodos, a fim de incluir todos os seus colaboradores. Desde os meios de transporte que eles utilizam para chegar ao trabalho, como um meio mais alternativo e ecológico, até mesmo a forma de envio que cada uma adota para si, de preferência sem a utilização de plásticos e resíduos tão poluentes quanto.

Os meios alternativos para que haja esse avanço entre as empresas podem acontecer de formas simples, adotando medidas primordiais que incluam a todos. Pois quando falamos de sustentabilidade e meio ambiente estamos falando de um coletivo responsável por um único, o planeta.

A logística reversa e a biodiversidade

Por escolha própria, o consumismo da sociedade atual fala por si só quais os impactos gerados ao planeta com determinadas escolhas. Quando na realidade há muito mais valor agregado ao que o consumidor sente enquanto consome, seja através de sensações, experiências, emoções e convivências.  

A logística reversa está para a biodiversidade, pois quando o corporativo se preocupa em realizar por meio da coleta, reuso, reciclagem e também o tratamento e a disposição final dos resíduos, a conscientização coletiva acontece. 

As empresas independente do sistema que aderem, aderir a logística reversa vai desde os fabricantes, importadores, distribuidores e comerciantes: junto com a conscientização do corporativo e da população, a logística reversa ajuda a minimizar os impactos ambientais causados pelo mau gerenciamento de descartes.

Com isso, a forma que temos de incluir o que é biodegradável ao nosso convívio e rotina, sem que perca essa sensibilidade do que é o conteúdo vendido e ainda sim viver de forma mais ecológica. 

A mudança que esperamos está no que acreditamos e vivenciamos enquanto cidadãos. Por isso a Eko se despede por aqui e deixa como mensagem a possibilidade de tirar a sustentabilidade do papel.

Ekological
Clique na imagem e visite nosso site.